.+

Mostrando postagens com marcador Estudos Polêmicos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Estudos Polêmicos. Mostrar todas as postagens

sábado, 20 de junho de 2015

Bajulação é de Deus?




Vamos por partes. O que é bajulação?

O termo é definido assim no Dicionário Michaellis:

bajulação/ ba.ju.la.ção
sf (lat bajulatione) 1 Ação de bajular. 2 Adulação interesseira; chaleirismo.

É uma palavra de origem latina e tem o sentido claro e abjeto de classificar a atitude de determinadas pessoas que no afã de:
Agradar; Exagerar uma virtude; Manipular visando interesse inconfessável;Auferir alguma benesse;
Esconder sua incompetência Lisonjear; Adular

bajulam e se expõem, não raro, ao ridículo. No Brasil Império havia o beija mão. Em solenidades se destacava quem mais mãos de autoridades beijasse.

Via de regra, e eu conheço o personagem tanto do mundo empresarial, quanto do eclesiástico, o bajulador é alguém incompetente, tentando esconder sua falta de méritos e qualidades, quando não defeitos morais e espirituais, sob o manto da bajulação. Normalmente, apura a fala, escolhe os adjetivos mais pomposos, estende os cumprimentos a familiares e outras de pessoas do círculo de amizade do bajulado. É uma prática vergonhosa, porém, disseminada. Não é raro encontrar um bajulador tentando esconder sua folha corrida espiritual!

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Sete características do culto verdadeiramente pentecostal

Primeira: o propósito principal da manifestação multiforme do Espírito em um culto coletivo é a edificação do povo de Deus (1 Co 14.4,5,12). Risos intermináveis e supostas quedas de poder edificam em quê?

Segunda: a faculdade do intelecto não deve ser desprezada no culto em que o Espírito Santo age (1 Co 14.15,20). Ninguém genuinamente usado pelo Espírito Santo deixa de raciocinar normalmente, em um culto coletivo a Deus. Isso, claro, segundo a Palavra do Senhor.

Terceira: um culto a Deus não deve levar os incrédulos a pensarem que os crentes estão loucos (1 Co 14.23). O que pensam os não-crentes que assistem a “cultos” nos quais pessoas caem ao chão, rindo sem parar, rosnando, latindo, mugindo, rugindo, uivando e rolando umas sobre as outras?

Quarta: o culto coletivo a Deus deve ter ordem e decência; tudo deve ocorrer a seu tempo: louvor, exposição da Palavra, manifestações do Espírito (1 Co 14.26-28,40). Um culto que não tem ordem nem decência é dirigido pelo Espírito?

Quinta: no culto genuinamente pentecostal deve haver julgamento, discernimento, a fim de se evitar falsificações (1 Co 2.15; 14.29; 1 Jo 4.1).

Sexta: haja vista o espírito do profeta estar sujeito ao próprio profeta, é inadmissível que aconteçam manifestações consideradas do Espírito Santo em que pessoas fiquem fora de si (1 Co 14.32). O Deus que se manifesta no culto coletivo não é Deus de confusão, senão de paz (v. 33). Quando um “pregador” derruba pessoas carentes de uma bênção ou os seus supostos opositores com golpes de seu “paletó mágico”, além da confusão que se instala no “culto”, tal atitude não é nada pacificadora. E quem recebe a glória, indutivamente, é o próprio show-man.

Sétima: se alguém cuida ser profeta ou espiritual, deve reconhecer os mandamentos do Senhor (1 Co 14.37). O leitor está disposto a submeter-se aos mandamentos do Senhor? Ou é um daqueles que, irresponsavelmente, dizem: “Não podemos pôr Deus em uma caixinha. Ele sempre faz coisa nova”. Para que serve a Bíblia, para nada? Não é ela a nossa fonte máxima de autoridade? Perderam as Escrituras a primazia? Não são elas a nossa regra de fé, de prática e de vida? Gálatas 1.8 perdeu a validade? Não nos enganemos. O verdadeiro avivamento só ocorre quando há submissão à Palavra de Deus e ao Deus da Palavra. Pr.Ciro Sanches Zibordi Fonte:Pcadnews

domingo, 10 de agosto de 2014

O cristão, o sexo e o domínio próprio

-->

A sexualidade sempre foi assunto polêmico ao longo dos séculos. Falar de corpo, de nudez, de sexo e de práticas sexuais lícitas e pecaminosas já era importante desde os tempos do Velho Testamento. Palavras como "conhecer" (Gn 4.1), "possuir" (Gn 6.4) e "deitar" (Gn 19.35) são utilizadas desde os primeiros relatos bíblicos com o sentido de descrever o ato sexual; e nos livros de Moisés (Êx 22.16,19; Lv 18.7-18,22-23), as regras e limites para as relações sexuais são claramente especificadas.

Hoje, a sexualidade tem sido estimulada e explorada ao máximo no meio secular. Crianças a partir de meses de idade, ainda em fase de formação de sua personalidade e caráter, se vêem a mercê de desenhos, músicas e situações que provocam a libido, muitas vezes incentivadas até pelos pais e avós. Adolescentes não-crentes reivindicam o direito de chegar em casa de manhã para durante a madrugada poderem "ficar" com seus pares, enquanto os jovens negociam a liberdade de usar o leito conjugal de seus pais.

domingo, 29 de junho de 2014

A BANALIZAÇÃO DO MINISTÉRIO NO CONTEXTO DENOMINACIONAL ASSEMBLEIANO

Sem generalismo, e com muita preocupação, percebo uma clara frouxidão nos critérios de consagração de obreiros nas Assembleias de Deus no Brasil, principalmente nos casos de evangelistas e pastores, fazendo com que cada vez mais o ministério seja banalizado, descendo a níveis jamais antes testemunhados.

Sou de um tempo onde havia muito cuidado na indicação e consagração de ministros evangélicos nas Assembleias de Deus no Brasil, onde alguns reclamavam, inclusive, de excesso rigor por parte das lideranças locais. Bons e saudosos tempos! Devido a algumas questões denominacionais não tínhamos muitos obreiros com preparo teológico, mas tínhamos homens de caráter ilibado, e que serviam a Deus por amor a obra, e não em busca de cargo, poder e dinheiro. É claro que, como em todas as épocas, havia exceções.
-->

Nossa denominação cresceu muito, e com o crescimento alguns problemas ganharam nova dimensão e proporção. Temos agora status social diferenciado entre os políticos, pois temos votos que fazem a diferença num pleito. Em razão disso muitos buscam o “poder ministerial” para alcançar benefícios pessoais do “poder temporal secular”. Diversos pastores estão trocando o púlpito pelo partido, ou se envolvendo com política de forma vexatória e escandalosa, não estabelecendo os limites desejáveis e prudentes.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

É pecado durante a Páscoa presentear com Coelhos e Ovos de chocolate ???

-->

Infelizmente, porém, essa data na maioria das vezes é lembrada pelas famílias, inclusive cristãs, apenas pela distribuição de coelhos e ovos de chocolate, ou porque desconhecem o seu verdadeiro significado bíblico, ou porque preferem fazer-se de “inocentes”, a fim de evitarem maiores conflitos com os filhos, amigos ou familiares, que sempre insistem em dizer: “não há nenhum problema…”; “são apenas símbolos inocentes…”; “afinal de contas, todos praticam desta forma…”.

Na tentativa de “cristianizar” uma prática que nada tem a ver com o verdadeiro sentido bíblico da festa da Páscoa, instituída pelo próprio Deus, muitos artifícios são utilizados para deturpar verdades simples de Sua palavra. Alguns até “espiritualizam”, dizendo que o coelho, devido à sua grande fecundidade, simboliza a Igreja, que recebeu de Deus a capacidade de gerar muitos discípulos. Vale lembrar que no Antigo Testamento bíblico, o coelho era tido como animal impuro. Ao seu lado, dizem eles, vem o ovo que é símbolo de ressurreição, pois contém vida dentro de si que apenas aguarda o momento de ser revelada, fazendo alusão ao sepulcro de Cristo. Assim, o ovo de chocolate é lembrado como o túmulo que se abriu para a ressurreição de Cristo. As pinturas em cores brilhantes que acompanham as embalagens dos ovos de chocolate representariam a luz solar. Que engano!

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

É Pecado Comer Carne de Porco na Ceia do Natal?

-->
Os que defendem a abstinência de carne de porco apresentam dispositivos da Lei do Antigo Testamento, como a seguir:

“Também o porco, porque tem unhas fendidas... este vos será imundo; da sua carne não comereis...” (Lv 11.7-8).
“Nem porco, porque tem unhas fendidas... imundo vos será; não comereis...” (Dt 14.8).
“Os que se santificam e se purificam nos jardins uns após outros, os que comem carne de porco, e a abominação, e o rato juntamente serão consumidos, diz o Senhor” (Is 66.17; v. 65.4).

“Na revelação progressiva de Deus, mandamentos anteriores são substituídos por posteriores. Em questões que não envolvem alteração em nenhum padrão moral intrínseco (que é baseado na natureza de Deus), o Senhor tem a liberdade de alterar os mandamentos que ele deu às suas criaturas, de forma a servir a seus propósitos gerais, dentro do processo de redenção. Por exemplo, podemos comparar isso com os pais que, numa fase da vida de seus filhos, deixam-nos comer com a mão, para mais tarde ensina-los a usar uma colher. Posteriormente, ainda, eles instruem seus filhos a não mais usarem uma colher, mas sim um garfo. Não há contradição alguma nesse processo” (Norman Geisler).

Veja vídeo com perguntas e respostas


sábado, 21 de setembro de 2013

É possível ser Honesto?

Afinal, o que é Honestidade? Podemos dizer que honestidade é a ação daquele que é justo, virtuoso, honrado, decoroso, etc. Esta geração pós-moderna enfrenta, quase sem perceber, um verdadeiro dilema dualístico. Se por um lado repudia os valores absolutos, do outro lado exige dos semelhantes, a todo o custo, a honestidade, tanto na esfera privada como na pública, esquecendo-se que, sem valores absolutos jamais haverá honestidade. Os mesmos atores sociais que no dia-a-dia agem de forma desavergonhada e desonesta, com atos que vão desde a prática da corrupção ativa denunciada em uma propina que se dá ao agente de trânsito para não ser multado, até a elaboração fraudulenta da declaração do imposto de renda, exigem que todos os demais homens sejam honestos.

domingo, 11 de agosto de 2013

Homenagem: Um Pai, segundo o coração de Deus (Dia dos Pais)

Deus tem uma ordem para os homens, em geral: que governe bem a sua casa, criando os filhos sob disciplina e com todo o respeito. O LAR é a nossa primeira igreja. Lar é lugar onde as lutas são travadas, vencidas e as pessoas abençoadas. Como homens, temos um desafio extraordinário e difícil, porém capacitada por Deus para que possamos ser exemplo para os nossos filhos e esposa. Deus quer que a nossa família seja para a glória de Deus e, para isto, Ele mesmo preparou três assuntos importantes para que possamos colocar em prática na nossa casa:

1 – SEJA UM LÍDER ESPIRITUAL PARA A SUA FAMÍLIA (PROFETA – Deuteronômio 6)
a)Você é o cabeça da família, com a responsabilidade de ministrar a graça de Deus a eles;
b) O seu caminhar com Deus, vai definir os rumos da sua família
Dt 6:5 Amarás, pois, o SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força.
c) Visão correta do mundo espiritual para os seus filhos
Dt. 6.20 Quando teu filho, no futuro, te perguntar, dizendo: Que significam os testemunhos, e estatutos, e juízos que o SENHOR, nosso Deus, vos ordenou?
21 Então, dirás a teu filho: Éramos servos de Faraó, no Egito; porém o SENHOR de lá nos tirou com poderosa mão.
22 Aos nossos olhos fez o SENHOR sinais e maravilhas, grandes e terríveis, contra o Egito e contra Faraó e toda a sua casa;
23 e dali nos tirou, para nos levar e nos dar a terra que sob juramento prometeu a nossos pais.
24 O SENHOR nos ordenou cumpríssemos todos estes estatutos e temêssemos o SENHOR, nosso Deus, para o nosso perpétuo bem, para nos guardar em vida, como tem feito até hoje.
25 Será por nós justiça, quando tivermos cuidado de cumprir todos estes mandamentos perante o SENHOR, nosso Deus, como nos tem ordenado.
d) Ajude os seus filhos a crerem no poder de Deus
Sl 145: 4 Uma geração louvará a outra geração as tuas obras e anunciará os teus poderosos feitos.
5 Meditarei no glorioso esplendor da tua majestade e nas tuas maravilhas.
6 Falar-se-á do poder dos teus feitos tremendos, e contarei a tua grandeza.
7 Divulgarão a memória de tua muita bondade e com júbilo celebrarão a tua justiça.
e) Todos os dias e momentos, tenha uma palavra de Deus para os filhos e esposa;
-->

2 – SEJA UM MARIDO E PAI (SACERDOTE – Efésios 5.25-33)

sexta-feira, 29 de março de 2013

É bom saber: O Que é a Sexta-Feira Santa?

Sexta-feira Santa é a sexta-feira bem antes do domingo de Páscoa. É comemorada tradicionalmente como o dia em que Jesus foi crucificado. Se você está interessado em um estudo do assunto, consulte o nosso artigo que discute as diferentes posições sobre o dia em que Jesus foi crucificado. Supondo que Jesus foi crucificado e morreu em uma sexta-feira, devem os cristãos lembrar-se da morte de Jesus através da celebração da Sexta-Feira Santa?

A Bíblia não instrui os Cristãos a honrar um determinado dia em memória da morte de Cristo. No entanto, a Bíblia nos dá liberdade a fazer decisões sobre esses assuntos. Romanos 14:5 nos diz: "Um faz diferença entre dia e dia; outro julga iguais todos os dias. Cada um tenha opinião bem definida em sua própria mente." Ao invés de lembrar-nos da morte de Cristo em um determinado dia, uma vez por ano, a Bíblia nos ensina a celebrar a morte de Cristo através da Ceia do Senhor. I Coríntios 11:24-26 declara: "... fazei isto em memória de mim ... Porque, todas as vezes que comerdes este pão e beberdes o cálice, anunciais a morte do Senhor, até que ele venha."

Por que a Sexta-Feira Santa é conhecida como "da Paixão"? O que as autoridades judaicas e romanas fizeram com Jesus definitivamente não foi algo bom (veja Mateus capítulos 26-27). No entanto, os resultados da morte de Cristo são muito bons e demonstram a grande Paixão de Deus por nós! Romanos 5:8 diz: "Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores." I Pedro 3:18 nos diz: "Pois também Cristo morreu, uma única vez, pelos pecados, o justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus; morto, sim, na carne, mas vivificado no espírito."

Algumas igrejas Cristãs celebram a Sexta-Feira Santa com alguns eventos especiais, enquanto outras fazem seus cultos mais simples do que o normal através de hinos solenes, orações de agradecimento, mensagens que têm como tema o sofrimento de Cristo por nossa causa e através da observância da Ceia do Senhor. Quer ou não os cristãos escolham "celebrar" a Sexta-Feira Santa, os acontecimentos daquele dia devem estar sempre em nossas mentes porque a morte de Cristo na cruz é o acontecimento fundamental da fé Cristã. Fonte: Got Questions

quinta-feira, 14 de março de 2013

Antigo manuscrito diz que Cristo era um “mutante”

Depois da descoberta de um antigo manuscrito que revelaria Jesus falando sobre uma “esposa”, agora surge outro documento ainda mais estranho.

Embora textos apócrifos sobre a vida de Jesus fossem comuns durante séculos, esse parece sair de um roteiro de ficção científica. Datando quase 1.200 anos e escrito na língua copta, o papiro conta parte da história da crucificação de Jesus, mas com ideias que nunca foram vistas antes.

Segundo o antigo texto agora traduzido, Pôncio Pilatos, governante romano que autorizou a crucificação de Cristo, o convidou para jantar e ofereceu sacrificar seu próprio filho no lugar de Jesus. Também explicaria que Judas usou um beijo para identificar Jesus, já que o Filho de Deus seria um “mutante”, com a capacidade de mudar de forma, de acordo com o texto.

Obviamente, a descoberta do texto não significa que esses eventos aconteceram, mas provam que em algum momento da história pessoas parecem ter acreditado neles, disse Roelof van den Broek, da Universidade de Utrecht, na Holanda. Ele é o autor da tradução do achado em seu novo livro “Pseudo-Cirilo de Jerusalém sobre a Vida e a Paixão de Cristo”, lançado este mês.

Cópias desse texto raro estão presentes em dois manuscritos, um está na Biblioteca e Museu Morgan, em Nova York e a outra no Museu da Universidade da Pensilvânia. A maior parte da tradução vem do texto de Nova Iorque, já que o texto do manuscrito Pennsylvania em sua maior parte está ilegível.

O texto diz: “Sem mais delongas, Pilatos preparou uma mesa e comeu com Jesus no quinto dia da semana. Jesus abençoou Pilatos e toda a sua casa. Pilatos depois disse a Jesus, “bem, eis que a noite chegou, levante-se e retire-se, e quando a manhã raiar me acusarão por sua causa, portanto vou dar-lhes o filho que tenho para que possam matá-lo em seu lugar”.

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Morreu o pastor Howard Hendricks do EUA

Faleceu quarta-feira, 20 de fevereiro, nos Estados Unidos, o pastor Howard G. Hendricks, renomado líder evangélico nos Estados Unidos.

Nascido em 5 de abril de 1924, Hendricks foi por mais de 50 anos professor do Seminário Teológico de Dallas, tendo pastoreado também por longo período a Igreja Presbiteriana Independente do Calvário – hoje Igreja Bíblica do Calvário – em Fort Worth, Texas.

Graduado no Seminário Teológico de Dallas e com doutorado na Universidade de Yale, pastor Hendricks foi muito amigo do fundador e presidente do Seminário Teológico de Dallas, Lewis Sperry Chafer. No STD, ele lecionou Bíblia e Hermenêutica, tendo formado muitos líderes renomados como os pastores Charles Swindoll, Tony Evans, Joseph Stowell e David Jeremiah.

Autor de 18 livros, dentre “Manual de Ensino para o Educador Cristão”, publicado no Brasil pela CPAD, Hendricks era também conhecido como o principal orador da organização Promise Keepers, tendo ministrado em mais de 80 países. Também foi capelão da equipe de futebol Dallas Cowboys de 1976 a 1984.

Em 1986, foi fundado o Centro Howard G. Hendricks de Liderança Cristã, no campus do Seminário Teológico de Dallas. Esse ministério objetiva desenvolver líderes cristãos e currículos para a futura igreja através de um processo de mentorização. A principal frase de Hendricks era: "Eu sou apenas um servo de Cristo".  Fonte: CPADNews

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Por que tantos líderes Cristãos evangélicos fazem parte de escândalos?

Primeiro, é importante ressaltar que “tantos” não é uma caracterização correta. Pode até parecer que muitos líderes Cristãos evangélicos façam parte de escândalos, mas isso é por causa da atenção exagerada que tais escândalos recebem. Há milhares de líderes Cristãos evangélicos, pastores, professores, missionários, escritores e evangelistas que nunca fizeram parte de nada “escandaloso”. A grande maioria dos líderes Cristãos evangélicos são homens e mulheres que amam a Deus, são fiéis aos seus cônjuges e famílias, e tratam de suas atividades com grande honestidade e integridade. O fracasso de alguns não deve ser usado para atacar o caráter de todos.

Tendo dito isso, ainda existe o problema de que escândalos às vezes acontecem dentre aqueles que professam ser Cristãos evangélicos. Líderes Cristãos notáveis têm sido expostos por terem cometido adultério ou participado em prostituição. Alguns Cristãos evangélicos têm sido culpados de fraude com seus impostos ou outras ilegalidades financeiras. Por que isso acontece? Há pelo menos três explicações principais: (1) Alguns daqueles que dizem ser Cristãos evangélicos são charlatões, (2) alguns líderes Cristãos evangélicos acabam se deixando influenciar pelo orgulho, (3) Satanás e seus demônios atacam e instigam mais agressivamente aqueles que estão em liderança Cristã porque eles sabem que um escândalo que envolve um líder pode ter resultados devastadores, tanto nos Cristãos como nos não-Cristãos.

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Cristãos dando audiência ao Big Brother Brasil: Bênção ou maldição?

Como um formador de opinião, escrevendo na Internet já há alguns anos para o público cristão, me sinto obrigado a emitir a minha opinião a respeito do reality show mais assistido no Brasil nos últimos anos e que começara em breve, o BBB (Big Brother Brasil). Resolvi escrever esse artigo porque percebi a existência de alguns cristãos – principalmente nas redes sociais – bem firmes em suas posições, defendendo a todo custo – e usando como embasamento a Bíblia – que assistir esse tipo de programa não teria mal algum, que temos que analisar tudo e retermos o que é bom, segundo nos orienta Paulo em 1Ts 5. 21. Resolvi, então, fazer uma pequena análise desse tipo de opinião, que a meu ver é perigosa e destrutiva, que usa a Bíblia erroneamente e parece abrir caminho para que consumamos qualquer tipo de programa sem problemas ou restrições.

A minha posição de não assistir o programa Big Brother Brasil da Rede Globo não é uma posição que se formou hoje. Confesso que assisti as primeiras edições com o objetivo de reter aquilo que uma experiência diferente como essa poderia trazer de positivo. No entanto, todos sabem que esse programa rapidamente começou avançar para os piores caminhos, buscando incentivar as brigas, as discórdias, a avareza, o erotismo, a sensualidade, o sexo e tudo mais de lixo que existe no pecado e que se possa colocar em um programa de TV. E não só esse programa, mas diversos em nossa TV seguem o mesmo caminho, inclusive o “A Fazenda” da Rede Record.

Alguns utilizam o texto bíblico dito por Paulo para apoiar que devemos assistir sim a esse tipo de programa: “mas ponham à prova todas as coisas e fiquem com o que é bom.” (1Ts 5. 21 – NVI).Eu concordo que o cristão não deve ser alienado, que deve buscar conhecer o que se passa no mundo, o que tem acontecido, sem preconceito, retendo o que é bom. Mas com relação ao BBB creio que não há mais o que reter de positivo, pois é de conhecimento de todos o tipo de programa que teremos pela frente. Já se sabe o que vem por aí! Ou alguém espera que o BBB virá com um formato de programa familiar, que será edificante para o cristão e sua família? Só se for muito ingênuo!

Nesse caso, cabe continuarmos o texto citado de Paulo, no versículo seguinte: “Afastem-se de toda forma de mal.” (1Ts 5. 22 – NVI).

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Passado, Presente e 2013

“Ontem já é história”, “O que passou, passou”. Estas frases são usadas pelos motivadores para animar pessoas que sofreram no passado e ainda sofrem no presente por causa de males do passado. Mas a dura realidade que precisamos admitir é que o passado faz parte da vida.

Coisas boas e ruins que aconteceram sempre vêm à tona, e nós precisamos saber como lidar com elas. Em relação às coisas ruins, a melhor coisa a fazer é mesmo olhar para frente, olhar para Jesus (Hb 12.1,2), lutar por grandes conquistas, trabalhar agora para colher amanhã, etc. Mas, e quando as coisas ocorridas no passado são erros que cometemos, os quais interferem diretamente na vida presente?

No Livro do Profeta Isaías há uma mensagem divina confortadora: “Eu irei adiante de ti, e endireitarei os caminhos tortos” (45.2). Isso significa que, se formos fiéis ao Senhor; se lho obedecermos; se andarmos segundo a sua Palavra a partir de agora, Ele abrirá novos caminhos para nós e fará com que os nossos erros do passado não interferiram de modo decisivo no presente. É claro que todos os erros trazem consequências, porém o Senhor é quem conforta, suaviza a dor, abre novas portas grandes e eficazes, ajudando-nos efetivamente a vencer o passado.

Como se livrar por completo do passado? Imagine a situação de quem perdeu um filho, um cônjuge, os pais... Não é fácil olhar para frente e viver como se nada tivesse acontecido. Mas, em Cristo, podemos todas as coisas (Fp 4.13). Tenha fé. O que aconteceu, aconteceu. Não há mais volta. É preciso esforçar-se, em Cristo e por Deus, para superar a tristeza, o desânimo, a angústia...

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Teólogo angolano critica evangélicos que falam em línguas estranhas

Os relatos do livro de Atos sobre as línguas estranhas dividem opiniões de cristãos e estudiosos no mundo todo, inclusive na Angola onde o número de evangélicos pentecostais é cada vez maior.

Em entrevista ao site Angop, o teólogo Jamie Floriano Chitende comentou que há uma interpretação errada sobre o ensino da Palavra de Deus e que por isso ele repudia as igrejas cujos membros falam em línguas estranhas durante os cultos.

Chitende garante para a publicação que falar em línguas estranhas não prova que a pessoa foi batizada com o Espírito Santo como é ensinado nessas igrejas e a seu ver essa teoria “não tem fundamento bíblico”.

sábado, 10 de novembro de 2012

Ser santo não Santidade: Um Estilo De Vida ser perfeito, mas a santidade nos conduz à perfeição

Primeiramente vamos quebrar esse paradigma de que santidade é sinônimo de perfeição. O significado fundamental de santidade é “separateness”, ou seja, trata-se de algo separado do comum, da rotina, da mesmice (Deuteronômio 7.6).

Infelizmente, muitos têm adotado e associado o termo santidade com perfeição, e isso tem gerado uma confusão enorme no meio cristão. Quando pensamos em perfeição, logo nos vem à mente que somente Jesus foi Santo, e nenhum outro homem será capaz desse nível de santidade (e aqui sim associamos com a perfeição).

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Pastor prepara livro com “666 Perguntas que seu pastor não responde”

O pastor Ariovaldo Júnior preparou um livro que promete agitar o mundo evangélico: “666 Perguntas que Seu Pastor Não Responde”.

A obra tem como objetivo discutir assuntos de temas diferentes como sexo, casamento, pecado, esportes, trabalho, abordo, política, administração financeira das igrejas, administração pessoal e outras. Todas as perguntas e respostas estão dividas por temas para que o leitor encontre facilmente a resposta de cada uma de suas dúvidas.

“A proposta do livro é abordar aquelas perguntas que muitas vezes as pessoas estão fazendo apenas na internet, coisas que você por um motivo ou outro você tem vergonha de perguntar para o seu pastor”, adianta o autor.

Campanha na internet exige que pastores famosos preguem sobre o inferno

Ainda sob a repercussão da reportagem sobre o neurocirurgião que disse ter visitado o céu e voltado (mas não faz menção de Jesus), a igreja americana se debate com mais uma controversa experiência de quase morte.
O canal de TV religioso CBN, de propriedade do pastor Pat Robertson, divulgou nas últimas semanas uma série de programas que mostram pessoas que tiveram experiência de quase morte e tiveram suas vidas espirituais transformadas por elas. O que mais tem chamado atenção foi o testemunho de Carl Knighton, homem que disse ter morrido e visitado o inferno.

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Traição e Adultério corre solto dentro das igrejas

O título te escandalizou? Ou foi a imagem? Sabe o que que mais me escandaliza, ou melhor, indigna? É saber que o adultério corre solto dentro das igrejas. Os escândalos anunciados na mídia e os muitos e-mails que recebo não me deixam mentir. Não, não estou falando de pessoas que vez ou outra traem, se arrependem genuinamente e buscam restauração em Cristo, mas sim daqueles que se dizem irmãos e vivem na imoralidade. Ou seja, o adultério e a prostituição fazem parte da sua vida tanto quanto a oração e leitura da Palavra (diga-se de passagem: leitura conveniente da Palavra). Um dos exemplos que me vem a mente, é o caso do pastor que ignorou o acento da palavra adúltera, acrescentou uma vírgula no texto e criou um justificativa para traçar sua "ovelhinha": "Vá, tome uma mulher, adultera...". Veja a diferença do texto original: "Vá, tome uma mulher adúltera e filhos da infidelidade, porque a nação é culpada do mais vergonhoso adultério por afastar-se do Senhor". Oséias 1:2.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Britânicos dizem estar perto de traduzir escrita mais antiga ainda não decifrada

A proto-Elamita foi usada na região sudoeste do Irã, dizem especialistas
A luta de estudiosos para desvendar segredos de cinco mil anos guardados na escrita mais antiga do mundo ainda não decifrada pode estar chegando ao fim.
Um projeto internacional de pesquisa, liderado pela Oxford University, na Inglaterra, já lança luz sobre uma sociedade perdida que viveu na Idade do Bronze, no Oriente Médio, cujos trabalhadores escravos viviam com rações mínimas de alimento, à beira de morrer de fome.